Cirurgias Odontológicas

Cirurgias odontológicas ou cirurgias orais são todas aquelas realizadas na cavidade bucal pelo cirurgião-dentista. Elas são indicadas pelos profissionais da Odontologia para prevenir ou reabilitar a saúde bucal dos pacientes.
São muitos os procedimentos possíveis de serem realizados pelos cirurgiões-dentistas. Neste post, vamos citar algumas das cirurgias odontológicas mais comuns:

Cirurgia oral menor
A cirurgia oral menor é aquela que pode ser realizada no próprio consultório ou clínica odontológica. São procedimentos que envolvem um risco mais baixo e bastante cotidianas. É o caso da extração dentária, por meio da exodontia. A extração do dente de siso é a mais recorrente. O dente de siso aparece após a evolução da arcada dentária dos indivíduos, o que pode trazer complicações aos pacientes. Por este motivo, a retirada está entre as cirurgias odontológicas mais comuns.
A cirurgia oral menor geralmente é realizada somente com aplicação de anestesia local pelo próprio cirurgião-dentista e a recuperação dos pacientes ocorre de forma rápida.

Remoções de cistos
Os cistos na cavidade bucal podem ter origem congênita (desde o nascimento) ou resultarem do desenvolvimento das estruturas bucais como dentes e gengivas, por exemplo. Mas, em ambos os casos, a remoção é necessária por meio das cirurgias odontológicas.
A retirada de um cisto também é um procedimento considerado simples, com a diferença de que este deve ser enviado para biópsia a fim de investigação. O tratamento posterior dependerá do resultado desta análise.

Cirurgias odontológicas gengivais
As cirurgias odontológicas gengivais são indicadas para os pacientes que desenvolveram doenças periodontais, que são aquelas nas quais a infecção bacteriana afeta os tecidos gengivais e as estruturas ósseas dos dentes.
Com o avanço das doenças periodontais, ocorre o desenvolvimento da chamada bolsa periodontal, desenvolvida pelo acúmulo de placa bacteriana abaixo da linha da gengiva. Nestes casos, a indicação mais comum entre os periodontistas é a realização do “retalho gengival”, para efetuar sua limpeza e redução.
Outras cirurgias odontológicas realizadas em casos de doenças periodontais incluem a gengivectomia, para remoção do excesso de tecido gengival, e a gengivoplastia, para remodelagem do tecido gengival que permaneceu saudável após o desenvolvimento da doença.

Enxertos ósseos para implantes dentários
A colocação de implantes dentários tem crescido bastante entre as cirurgias odontológicas. Esta nova estrutura no osso maxilar envolve diversos cuidados do implantodontista e sua equipe. Isso porque o osso deve estar bem posicionado e adequado para receber o implante, que envolve o pino metálico e a colocação da coroa.
O enxerto ósseo é o procedimento indicado para preparar a boca para receber o implante dentário. Em caso de ossos mandibulares “muito finos ou moles”, o implante pode ser malsucedido.

Cirurgia ortognática
As cirurgias odontológicas ortognáticas são realizadas pelo cirurgião bucomaxilofacial e são aquelas que alteram a posição da mandíbula e∕ou maxila dos pacientes. Estas geralmente são realizadas em adultos, já que crianças e jovens podem contar com correções por meio dos aparelhos ortodônticos.
A correção se faz necessária quando a posição inadequada causa dores mandibulares e também alterações na mordida dos pacientes. Para o reposicionamento, os cirurgiões-dentistas utilizam placas e parafusos de titânio, mesmo material dos implantes dentários.